Busque aqui

12 fevereiro, 2012

Ontem me perguntaram sobre você

 Acho que eles esperavam uma reação triste ou alguma resposta cheia de detalhes e lembranças que me levariam à um mar de lágrimas. Me surpreendi comigo mesma. Me limitei a dizer somente que te conhecia, apesar de muitos momentos terem passado pela minha memória. E também fiz questão de dizer que  “conhecia”, assim, no passado, porque é desse jeito que deve ser. 



 Não ia deixar que o passado trouxesse aqueles velhos sentimentos para o presente, não depois de tanto esforço para jogá-los fora. Entretanto estaria mentindo se eu dissesse que eu não senti nenhum um pouco de saudade. Senti e admito. Mas isso não quer dizer que eu queira você de volta, só senti falta, porque foram momentos bons e fazem parte da minha história, é inevitável não lembrar. E é só isso, estou bem assim, sozinha e livre. […] Foi ai que me pegaram desprevenida, me perguntaram o que você era pra mim. Não sabia a resposta para essa pergunta. Por que honestamente, você é um desconhecido para mim neste momento. E foi isso que eu respondi, respirei fundo e fui bem direta:
 “Agora? Um mero desconhecido." 

5 comentários:

  1. Nada menos do que Genial!!!

    Abraços,
    Marlon

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaaa Marlon, querido!
      Nem foi tão genial assim... ajushauhsa

      Bejon!

      Excluir
  2. Mas deixou muito claro que não tem tanta importancia assim na sua vida! E isso ja é muito .kksks

    ResponderExcluir
  3. Olá,Lindinha:
    Dedico um selinho do meu bloguinho para você com muito carinho...:)
    Segue o link: http://meumundinholouco.blogspot.com/2012/02/do-meu-mundinho-louco-para-voce.html
    Beijos, Elaine

    ResponderExcluir